07/03/2018

Please reload

Posts Recentes

Gesso 3D na decoração: Sabia mais sobre esse fantástico revestimento que pode transformar completamente o espaço da sua casa

21/11/2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

Do planejamento à satisfação

09/11/2017

 

 

O planejamento de uma obra nada mais é do que determinar e ordenar todas as ações e etapas que serão desenvolvidas. Ele é de fundamental importância para garantir o cumprimento de prazos, organizar uma construção sem gastos desnecessários e também alcançar o padrão de qualidade estipulado.

O planejamento da obra deve ser constantemente acompanhado, pois esta é a única forma de alcançar o cumprimento de cada etapa previamente analisada.

Neste post, vamos apresentar a importância de planejar as fases da obra, mostrar como o planejamento deve ser feito e os benefícios que ele pode gerar. Confira a seguir:

 

Planejar uma obra

Planejar é tomar todas as decisões a respeito dos processos e atividades desempenhadas na obra, atendendo sempre aos prazos estipulados, ao padrão de qualidade e aos custos.

O planejamento pode ser feito também por meio do estabelecimento de metas a serem atingidas. Por isso, é necessário realizar um monitoramento constante para regular o controle do andamento da obra.

Analisar antes de realizar

Antes de iniciar qualquer planejamento propriamente dito, os profissionais — juntamente com o proprietário — devem avaliar a viabilidade de execução da obra.

É fundamental pesquisar preços, buscar fornecedores, identificar a mão de obra necessária, determinar os equipamentos de segurança necessários, entre outros detalhes. Analisar os parâmetros necessários antes de iniciar as obras é imprescindível para evitar surpresas e prejuízos no futuro.

Programar cada etapa

Planejar uma obra é programar cada uma de suas etapas. A organização e o controle das fases permitem que a empresa ou construtora compre os materiais e insumos, adquira equipamentos e contrate a mão de obra à medida de suas necessidades. Caso contrário, podem ocorrer atrasos e prejuízos na obra.

A falta de programação das etapas aumenta os riscos de perda de materiais estocados no canteiro e eleva os gastos com mão de obra e com equipamentos parados ou subutilizados. Um planejamento indevido faz com que os custos sejam muito maiores, podendo levar também a atrasos na obra.

Ficar atento aos fornecedores

Não adianta os trabalhadores terminarem as etapas no prazo estipulado e não ter os insumos necessários para iniciar a próxima fase. Para que uma obra cumpra com as datas de entrega, é fundamental que todos os fornecedores e parceiros estejam alinhados e dentro do mesmo planejamento. A logística é um dos detalhes mais importantes no momento de medir o desempenho da obra.

É indicado buscar fornecedores próximos ao canteiro, pois isso reduz o tempo das entregas e ajuda a evitar materiais estocados. Mas, antes de fechar qualquer contrato com parceiros, certifique-se que estão de acordo com o planejamento e o cumprimento das datas.

Satisfazer o cliente

Todo serviço deve buscar a satisfação total do consumidor e uma obra não foge desta regra. Cumprir um planejamento significa entregar uma obra no prazo determinado e com a qualidade estipulada. É focar no atendimento de cada demanda do cliente.

Isto faz com que os clientes fiquem satisfeitos, o que permite também um aumento da credibilidade da empresa no mercado, podendo levar ao aumento de vendas e mais lucros.

Uma obra bem planejada, inclusive, pode permitir economias significativas para a empresa. Em alguns canteiros, a redução de custos pode chegar até 15% — isso somente pelo fato de existir um planejamento e de seguir um cronograma.

Percebeu como planejar cada etapa da obra é fundamental não somente para reduzir os custos, mas também para a imagem da empresa? Planejar uma obra demanda tempo e estudos, mas os resultados alcançados serão altamente favoráveis para o negócio.